Qual a importância da prevenção e da dieta na saúde oral?

A importância dos dentes vai além da mastigação, pois interfere na fonética. Além disso, a sociedade moderna não aceita o desdentado ou pessoas com a estética facial alterada por dentes mal cuidados ou ausentes.
A higienização diária e a visita regular ao médico dentista e/ou higienista oral (de 6/6 meses) são fatores decisivos na manutenção da saúde oral como um todo, evitando assim as doenças orais crónicas presentes no idoso: cáries de raiz, xerostomia (boca seca), atrição/abrasão (bruxismo), lesões da mucosa oral (candidíases, leucoplasias, etc.), cancro oral, doenças periodontais, entre outras.
A dieta também é de extrema importância e deve ser à base de carnes, frutas, verduras, legumes, cereais e fibras. Deve-se evitar o consumo de doces e refrigerantes.